ChatGPT na indústria: mesmo com IA, olhar humanizado pode ser o diferencial para a evolução do segmento

Apesar de ainda ser vista como ameaça, a ferramenta que tem revolucionado diversos setores, promete trazer vantagens também para as indústrias, sendo um grande passo para o futuro dos negócios

À medida que as indústrias crescem, aumenta a procura por inovação e otimização de processos. Um estudo do Boston Consulting Group mostra que as empresas que investem em tecnologias da Indústria 4.0 obtêm melhorias significativas em produtividade, qualidade e inovação. Assunto do momento, o ChatGPT tem ganhado cada vez mais relevância quando se trata de impulsionar a eficácia no ramo industrial. Apesar de ainda ser visto como ameaça pelo setor, é inegável que a ferramenta é um passo para o futuro.

“Internet das Coisas, automação e inteligência artificial são premissas básicas e obrigatórias quando falamos em Indústria 4.0, e o ChatGPT é mais uma ferramenta que chegou para alavancar os processos”, pontua Rodrigo Salla, diretor da vertical Multisector na FCamara, ecossistema de tecnologia e inovação que potencializa o futuro de negócios. 

O ChatGPT é um sistema de bate-papo inteligente, com modelo de linguagem baseado em aprendizado. Ele é capaz de criar, processar dados e apresentá-los ao interlocutor em linguagem natural. Quando falamos dos processos industriais, a ferramenta de fato ainda está em andamento, mas tem sido cada vez mais capaz de gerar análises detalhadas de processos e de extrair um número expressivo de informações e dados em pouco tempo, sem a necessidade de criar etapas e onerar a equipe. 

O objetivo principal da inteligência artificial é ter a capacidade de entender questionamentos que podem passar despercebidos até por um olhar humano, e, justamente por isso, acabam sendo um grande diferencial quando o intuito é acelerar um processo industrial. “Além de gerar resultados concisos que ajudarão a entender melhor os dados da companhia, o ChatGPT pode ser usado para criar dados em tempo real, relacionando os itinerários e horários dos meios de transporte, por exemplo. A ferramenta pode também levantar dados e detalhes de uma possível previsão de vendas e pode atuar na prevenção de fraudes”, complementa Salla.

O executivo acredita que o ChatGPT também pode auxiliar na resolução de problemas e no atendimento ao cliente, já que pode dar respostas precisas para potenciais dúvidas dos usuários sobre serviços e produtos. “Por meio de descrições, os chatbots farão com que os interessados ​​descubram todos os benefícios de adquirir o que ele procura. Tudo isso com uma linguagem mais distante daquela robótica a que estamos acostumados. Não substitui o contato humano, é claro, mas o tom pode ser a característica que vai diferenciar essa ferramenta de todas as outras que vieram antes”, conclui Rodrigo.

Acerca de FCamara 

A FCamara é um ecossistema de tecnologia e inovação que potencializa o futuro de negócios integrando visão estratégica com execução inteligente, lado a lado com seus clientes, para proporcionar experiências transformadoras. Com um time altamente especializado, o grupo atua em Transformação Digital, E-commerce & Marketplace, Inovação, Cloud & Cibersegurança, Open Finance & Open Insurance, Data & Analytics e Marketing Digital, junto aos principais players de varejo, saúde, seguros, mercado financeiro, indústria e outros segmentos. Foi eleita 5 vezes como a Melhor Empresa na categoria de serviços de e-commerce pela ABComm e é líder em soluções digitais, sendo considerada hoje a maior empresa de serviços para e-commerce da América Latina. Hoje, o grupo conta com filiais no Brasil, Portugal e Reino Unido e mais de 1.000 empresas atendidas em sua história. Saiba mais: www.fcamara.com